quinta-feira, 15 de novembro de 2007

SE NÃO FOSSEM VOCÊS...

OAT!!!!

Se não fossem vocês... nada disto seria o fenómeno que tem sido. É realmente neste nosso espaço que bebo toda a Força e Determinação com que me sinto. Ao Vosso lado não há lugar para o desanimo nem para dar abébias ao Inimigo...só me ocorre que, enquanto a sua "armada" vai diminuindo e enfraquecendo, a nossa Catedral vai aumentando exponencialmente para acolher todos os que, diariamente, se juntam de novo e continuam a juntar a este extraordinário Espaço no qual só se vivem experiências e sentimentos duma grandiosidade que nunca deixa de me surpreender. Todos os dias é melhor, mais sólido e consistente este alimento de que já preciso - atrevo-me mesmo a dizer que já PRECISAMOS - como de pão para a boca e, sobretudo, para o Coração.

- Nunca pensei que no meu coração coubesse tanta gente sem qualquer distinção de grau...:) e esta realidade foi-me ensinada por TODOS vocês, sem qualquer excepção. O que eu tenho aprendido que hoje não saberia SE NÃO FOSSEM VOCÊS...

- E à Técnica: entrada em jejum prévio de 4 horas na CVP às 09.19m (está a hora certa no bilhete do parque :) ) e saída às 17.37h, altura em que acabei a ressonância magnética craneana que, só ela, durou 1 hora e tal!!!!!!

- Foi um dia maçador, passado à fome, a beber líquidos de contraste e a levar injecções de mais do mesmo. Enfim, se não fossem vocês, a técnica tinha-se arriscado a ser chata...

- Vou falar com o médico e já cá volto.

Obrigado a todos,

BEIJOS E ABRAÇOS

Salvador

13 comentários:

Jose Tomaz Mello Breyner disse...

Grande Salvas

Tens fome? Ainda aqui estou. Queres catering ou vens aqui?

Deves estar estoirado, e passei aqui apenas para te dar uma boa noite. Quando chegar a casa ainda vou ler o que disse o Médico

Um abc

Zé Tomaz

vera disse...

Querido Salvador
Deixaste-nos em stand by, mas é bom, porque assim vimos aqui mais vezes e vamos lendo mais mensagens.
Acho que te devo uma explicação: os meus comentários, às vezes a atirar para o "beato-religioso" são devido ao estado que este "sítio" me provoca, que é pensar em ti, ver toda a amizade à tua volta e sentir Deus tão presente. Devia ser assim a toda a hora na nossa vida, mas infelizmente, andamos demasiado distraídos.
Desculpa se te estou a ser chata
Mais um beijinho de boa noite
Vera

Pedro Ventura disse...

Salva,

Aguardo o que disse o médico e se ainda te sentires com vontade de ir a um bife avisa.
Sempre disponivel.

Pedro Ventura

Toni dos Bifes disse...

Salvador, Man! Diz prái várias miúdas com que topei durante a tarde e, à noite - ia eu na carreira para casa - que estás uma brasa de estalos com essa bola de bilhar que trazes agarrada ao pescoço, muito branca, muito luzidia..muito linda, muito linda.

A elas, foniquese, como dizem alguns amigos teus aqui no bloco..

E tem uma noite sossegada que amanhã, dizem por aí, vem outro, mais um, de muitos, novo dia!

Toni dos Bifes disse...

O " a elas, foniquese" supra, referia-se às células malinas e não às miúidas que te gabam a careca, certo?

certo.

Antunis disse...

Disse ao Toni que não queria graçolas, mas tem dias que não há quem tenha mão no bicho...

Abraço

Anónimo disse...

Salvador
Deves ter tido um dia bem chato , mas apesar de tudo continuas com um bem alto astral. És único!!
Janta muito bem e tem uma boa noite.
Beijos
Petit e Pedro

Anónimo disse...

querido Salvador

extraordinário! espectacular! o máximo!
para mim vir aqui todos os dias da-me força para continuar...
é "se não fossem vocês..." mas também "se não fosses tu..."

beijos pepax

Bébé disse...

Salva,
Aqui vai o texto do Vinicius de Morais que te falei ontem ao jantar:

Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos.
Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta
necessidade que tenho deles.
A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor,
eis que permite que o objeto dela se divida em outros afetos, enquanto o
amor tem intrínseco o ciúme, que não admite a rivalidade.
E eu poderia suportar, embora não sem dor, que
tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem
todos os meus amigos!
Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus
amigos e o quanto minha vida depende de suas existências ..
A alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem.
Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida.
Mas, porque não os procuro com assiduidade, não
posso lhes dizer o quanto gosto deles. Eles não iriam acreditar.
Muitos deles estão lendo esta crônica e não sabem
que estão incluídos na sagrada relação de meus amigos.
Mas é delicioso que eu saiba e sinta que os adoro,
embora não declare e não os procure.
E às vezes, quando os procuro, noto que eles não tem
noção de como me são necessários, de como são indispensáveis ao meu
equilíbrio vital, porque eles fazem parte do mundo que eu, tremulamente,
construí e se tornaram alicerces do meu encanto pela vida.
Se um deles morrer, eu ficarei torto para um lado.
Se todos eles morrerem, eu desabo!
Por isso é que, sem que eles saibam, eu rezo pela vida deles.
E me envergonho, porque essa minha prece é, em
síntese, dirigida ao meu bem estar. Ela é, talvez, fruto do meu egoísmo.
Por vezes, mergulho em pensamentos sobre alguns deles.
Quando viajo e fico diante de lugares maravilhosos,
cai-me alguma lágrima por não estarem junto de mim, compartilhando
daquele prazer ...
Se alguma coisa me consome e me envelhece é que a
roda furiosa da vida não me permite ter sempre ao meu lado, morando
comigo, andando comigo, falando comigo, vivendo comigo, todos os meus
amigos, e, principalmente os que só desconfiam ou talvez nunca vão saber
que são meus amigos!
A gente não faz amigos, reconhece-os.

Abraçso
Bébé

Brancamar disse...

Salvador, o seu humor e espírito criativo são notáveis, então se não fossemos nós, a técnica tinha-se arriscado a ser chata?
Realmente para quem passou fome todo o dia, se levantou de madrugada e andou de exame em exame!Eu quero que me empreste um bocadinho desse espírito, quando precisar vou bater-lhe à porta.Aliás, já nos dá lições de vida todos os dias.E é disso que as malditas células não gostam.E ainda bem!

Anónimo disse...

Querido Savador,

Percebi a deixa...
Amanhã o sol começa a nascer aí em Lisboa às 7h18m :):)

Grande abraço, sem champanhe mas com o oceano atlântico pelo meio...

Anónimo disse...

Esqueci-me de assinar :)
Lena

paulac disse...

Voltei aqui só para reler o texto do Vinicius de Morais. «Boa malha», bem escolhido,Bébé! Não te conhecia esses dotes, mas como tu mesmo disseste «Neste blog estamos sempre a aprender!!
Bjinho
Paulette