sábado, 14 de junho de 2008

A TODOS

OAT!!!



- Porque não quis misturar o meu Post do Filipão com outros assuntos, só agora venho agradecer a todos quantos me deixaram aqui os seus comentários recentemente. São todos extraordinários, por uma razão ou por outra, e esta Catedral está aberta e acolhe com Alegria toda a gente que por cá se sinta bem.



- Retribuo-vos reafirmando que, Acreditando em nós e em quem nos rodeia, lutando cada minuto de cada hora de cada dia, é possível vencer a doença. Mas é preciso compreendê-la, saber como nasceu e como se desenvolve no nosso organismo, porque só assim se pode tentar inverter o processo. A doença é parte integrante do nosso corpo, as células que se desorganizaram e se transformaram eram anteriormente saudáveis e terão obviamente que ser eliminadas mas, em minha opinião, não devem ser consideradas por nós como corpos estranhos e malignos que por essa razão são odiados.



- Penso que devemos olhar para o cancro como olhamos para outras doenças mais comuns e menos graves, porque dessa forma não seremos invadidos pelo medo, pela impotência, pelo desespero.



- Pensem numa constipação: ninguém tem medo dela e isso por uma única razão, qual seja a de termos a certeza de que a curaremos mais cedo ou mais tarde. A certeza da cura evita o medo e a duvida da doença. Agora transportem este raciocínio para o cancro, obviamente com as devidas adaptações, e temos grande parte da receita necessária para a recuperação...



- Obviamente que coexistem com a nossa certeza da cura múltiplos outros factores, clínicos e não só, mas no que depender de nós estaremos armados para a luta com a nossa convicção intima, a nossa fé e a nossa esperança. Por isso vos digo a todos, doentes e/ou familiares e amigos, que é fulcral ACREDITAR na cura mas, para isso, é preciso - repito - conhecer e compreender a nossa doença para a partir desse conhecimento tentarmos fazer aquilo que considerarmos mais adequado.



- Façam, SEMPRE depois de trocar impressões com o vosso médico, tudo aquilo que sintam que pode ajudar, porque nessa convicção está a esperança que contribui para o resultado final. A luta é nossa, a doença é nossa, e cabe-nos juntar à sapiência dos nossos médicos a nossa fé e confiança inabaláveis.



Até breve, continuem com toda a Força a Acreditar e



BEIJOS E ABRAÇOS,



Salvador



59 comentários:

Anónimo disse...

Boa tarde, este poema retrata a historia de um amor, de uma amizade se quiser, e deixo o aqui, para que possam ler, não se conhecem, mas deixo a mensagem de que se eu alguma vez na vida (na minha curta vida de 20 anos) tive o prazer de assirtir a um milagre, mesmo que tenha sido por programas de televisão, "Tardes da Júlia", "Grande Entrevista" serviram-me de inspiração para a luta de toda uma vida, de todo um futuro. Obrigada a si Salvador, não apenas por ajudar quem está doente e mais precisa, mas tambem por servir de força e de esperança para todos os jovens como eu que começam agora a sua verdadeira batalha, VIVER!

Não consegui ainda comprar o seu livro mas quero fazê-lo porque quero que a sua história me acompanhe durante toda a minha jornada e quando mais precisar recorrei a si, e me lembrarei o que tudo e banal, os problemas tem apenas a importancia que lhes damos, das duas uma ou nos entregamos, ou lutamos contra eles, a entrega não e certamente uma opção na minha vida! UM SINCERO OBRIGADO, acredito que nada e em vão e a sua vida, tem inumeras razoes, das quais inspirar-me a mim em quanto "Ser vivo"



O Milagre da Vida

de: Albert Einstein


"Pode ser que um dia deixemos de nos falar...
Mas, enquanto houver amizade,
Faremos as pazes de novo.
Pode ser que um dia o tempo passe...
Mas, se a amizade permanecer,
Um de outro se há-de lembrar.

Pode ser que um dia nos afastemos...
Mas, se formos amigos de verdade,
A amizade nos reaproximará.

Pode ser que um dia não mais existamos...
Mas, se ainda sobrar amizade,
Nasceremos de novo, um para o outro.

Pode ser que um dia tudo acabe...
Mas, com a amizade construiremos tudo novamente,
Cada vez de forma diferente.
Sendo único e inesquecível cada momento
Que juntos viveremos e nos lembraremos para sempre.

Há duas formas para viver a sua vida:
Uma é acreditar que não existe milagre.
A outra é acreditar que todas as coisas são um milagre. "

Rita

Anónimo disse...

PARABENS MAIS UMA VEZ.
CHOREI AO OUVI-LO NA TELEVISAO E NAO LARGUEI O ECRAN UM SEGUNDO(COLEI A MINHA ATENÇAO ) .
INFELIZMENTE MEU PAI NAO TEVE A MESMA SORTE. MAS APESAR DE POUCOS GRAÇAS A DEUA AINDA EXISTEM CASOS QUE TERMINAM BEM.
TUDO DE BOM PARA SI.

Anónimo disse...

Como é bom sentir-mos palavras reconfortantes, e elas são necessárias nos momentos mais difíceis.
O meu pai faleceu de tumor no estômago; foi muito doloroso vê-lo sofrer, ver a tristeza que estava estampada no seu rosto; contavam-se os dias; é incrível esta sentença de morte!
Ainda bem que o Sr. está a conseguir ultrapassar, desejo-lhe do fundo do coração uma feliz vida junto da sua família e obrigado pela coragem, pelo reconforto que nos transmite.
Maria do Céu

Anónimo disse...

Salvador e Catedral

Mano Salva ao ler o teu comentário entendo-o como uma lição para todos nós, e uma nova fase de viragem no nosso blog.

Cada vez nos ensinas mais o caminho que deveremos percorrer.

Obrigado Mano Salva.

Sabem hoje adorei estar com o nosso Tomazini ,Mano Salva e muito conversamos.

Branca sabe hoje volto a mandar-lhe um grande beijo, e para voces todos também. Amigo observador tem razao eu tambem não quero sair de perto de voces sinto a vossa falta voces são meus e eu vosso.

Até logo

Bjs da v Locomotiva Pedro Ventura

Anónimo disse...

Talvez consiga explicar o que quero dizer como nova fase no blog-

Eu tenho tido a sorte de estar estes 2 ultimos dias com o Salvador ele sempre nos ensinou a todos apesar da sua doença a pensar nos outros.

Ele não se queixava de nada durante a sua doença

No entanto temos falado muito, e ouço dele somente em relação a todos nós um desejo muito forte de querer ajudar todos os que necessitam dele.

É impressionante fala de todos ,o caso dele é passado ,e repito quer saber somente de todos võs claro em primeiro lugar dos que mais necessitam de ajuda.

Mas que lição levo e levamos todos deste Campeão

Até já

P.Ventura-Locomotiva

linda disse...

Boa Noite, depois de passar por aqui imensas vezes sem nunca ter escrito nada (conheci o blog quando visitava o blog da careca loira), hoje senti necessidade de dizer algo.
O cancro bateu á porta da minha tia á um ano atras,revoltou-se,fechou-se numa concha não deixou que ninguém soubesse e deixou o malandro tomar conta dela, na quarta-feira passada os médicos deram-lhe a sentença já não há nada a fazer...
Na quinta-feira quis ver a grande entrevista, obrigada Salvador, pelo menos o seu testemunho serviu para ela sair do quarto e tentar viver o que lhe resta
É pena não vencerem todos esse inimigo, mas estes exemplos que sirvam para quem ainda tem tempo para lutar contra ele...
Bem haja Salvador
Que a luz Divina o ilumine a si e a todos que continuam a lutar
Um abraço
Linda

Brancamar disse...

Boa noite Salvador!

Foi bom lê-lo e ter notícias suas...
Sim, porque ao lê-lo senti a força com que está nesta vida, a generosidade com que parte para uma nova fase de entrega aos outros e li em tudo isso como se sente bem e tal como o PedroV notei neste post uma viragem para um nova fase da Catedral, que já se vem desenhando de forma espontânea e gradual. Sempre se notam em si o bom senso e ponderação a que nos vem habituando.
Que Deus o ajude nesta caminhada porque sinto que todos vêm buscar em si a força e o ensinamento que de forma tão simples transmite neste texto. Cada um de nós, mesmo os que estão com saúde, em cada dia colhemos aqui conhecimentos e lições de vida.
Não foi em vão que vivemos intensamente esta sua luta, fomos todos companheiros de guerra e os companheiros de guerra costumam ficar amigos para toda a vida, de tal forma que quando abro o computador venho logo saber de si, dos amigos que fiz e dos novos que esperam alguma coisa de nós, mas principalmente esperam de si, nem que seja só "ouvi-los" vs lê-los.
Tenho tentado ter a capacidade de me dar a esta missão que relança neste post, mas onde a força principal é o Salvador, foi tanto o que vivemos nesta casa que jamais a poderemos deixar. Como diz o Pedro, e que honra sinto em estar a escrever logo a seguir à nossa Locomotiva, "Cada vez nos ensinas mais o caminho que deveremos percorrer."

Querido Pedro, a designação de nossa Locomotiva é bem uma realidade e quem o leu atràs perceberá isso, o ânimo que nos dá, trazendo notícias do Salvador e a graça com que o faz e o entusiasmo que põe nisso é comovente.
Obrigada mais uma vez pela sua sensibilidade!
Deixo-lhe também um beijinho grande.
Não posso deixar de referir o belo comentário da Rita de 20 anos, o primeiro deixado neste post, que me comoveu profundamente e que reforça o que já disse num post anterior, o Salvador tem emprestado dignidade a todas as lutas e os jovens hoje têm-nas bem duras.
Bem haja Rita pela sensibilide que demonstra e pela forma como entendeu esta mensagem, só por isso é concerteza uma jovem capaz de vencer todas as lutas.

Para todos o meu forte abraço e muitos beijinhos.

Branca

Anónimo disse...

Essa luta que o Salvador tão nobremente venceu e encarou eu estou a passá-la ao lado do meu pai ... Ele que sempre foi um homem de força como nunca conheci outro desta vez baixou os braços ... Estamos no IPO e vimos a sua entrevista com a Judite de Sousa, ele estava num daqueles sonos de urso, de hibernar, mas eu obriguei-o a ouvir ... as lágrimas surgiram nos olhos e vi uma réstia de força bem lá no fundo. Eu nunca deixei de acreditar e de lutar mas é bom saber que há pessoas e casos como o do Salvador. Obrigado por fazer brilhar um pouco os olhos e a alma do meu Pai ...

Beijinho e continuação de melhoras ...

P.S. Aquela dos 3 maços de tabaco é melhor nem comentar!!!!

Valquíria

Brancamar disse...

Voltei Salvador,

Pedro afinal não escrevi a seguir a si, porque escrevi muito, mas ainda bem que voltei e li o comentário da Linda, mais uma benção para o Salvador saber como através do seu testemunho deu força a todos, mesmo aos que já estavam sem esperança. Sei que se está a sentir "pequenino", porventura a perguntar-se a si próprio como já perguntava antes se merece este fenómeno que se passa à sua volta, mas de facto esta é cada vez mais uma missão que lhe foi destinada e que lhe assenta muito bem, até pelo nome. Quem sabe Salvador será sempre nome de missão?...
Mais beijinhos.
Branca

Brancamar disse...

Salvador,

Hoje não saio daqui, mas cada vez que escrevo encontro logo outro testemunho e não quero que a Valquíria pense que ao falar da Linda me esqueci dela.
É mais uma vez um relato impressionante.
Beijinhos para si e para o seu pai.
Diga-lhe para acreditar sempre e que nós aqui junto do Salvador falamos nele, nos lembramos dele e queremos saber que ele está bem. Nada de baixar os braços, é pô-los lá bem no alto...! :)

Leve-lhe este recado e beijinhos nossos.

Uf! Hoje estou a falar demais e temo ser uma chata.

Pedro, quem será agora "a picareta escrevente"? ah!ah!ah!

Vamos lá animar esta gente.

Beijinhos grandes

Hermínia Nadais disse...

É urgente termos sempre diante dos olhos textos como este, cheio de confiança, de esperança, de naturalidade, de amor à luta pela vida.
Querer é poder! Nunca podemos entregar-nos ao desânimo, pois ele é o pai de todas asa doenças e desconfortos.
Força! Obrigado pela partilha! O seu testemunho ensina-nos a viver melhor.
Seja muito feliz! Mesmo distante, amigo virtual, estou consigo!

jaime latino ferreira disse...

Salvador Vaz da Silva
Caro Amigo,
Referiu nas Suas observações do dia três palavras chave, Acreditar, ter Fé e ter Esperança que são o contrário de outras com carga negativa e que, reportando-se à doença sistematiza como compreender, conhecer a doença não como um corpo estranho mas como parte integrante do nosso ser logo, sem olhar maligno, de repúdio ou com ódio.
Mais do que eliminá-la penso então que reintegrá-la restaurando-lhe a convivialidade sistémica será o objectivo, tornando-a numa debilidade crónica, soit disent, mas sustentável com toda, a máxima qualidade de vida!
Nisto tudo que diz e logo na compreensão, está a reflexão, o uso dialogante e interactivo da palavra que o Seu blogue, aliás, potencia!
Um olhar não obscurantista é, portanto, fundamental para vencer os desafios e isto, quer se seja ou não crente e a fé, a esperança que agora escrevo com minúscula é também um desidério bem terreno ao alcance de crentes e não crentes já que estes últimos, assaltados pela doença, não podem ficar desarmados!!!
Não é o meu caso, mas penso neles.
E no que dependa de nós ...!
Jaime Latino Ferreira
Estoril, 14 de Junho de 2008

Carecaloira disse...

Boa noite salvador
Boa noite Catedral

Mais uma vez obrigada pelo seu testemunho e ensinamento.
Tenho pena de não o ter conhecido no inicio da minha doença. Embora acredite que vá vencer, falta-me essa dita confiança nos médicos que descreve.
Tive um médico para a biopsia, nunca o mesmo nas sessões de quimio e agora nem sei quem me vai operar. Por isso às vezes sinto-me perdida, e è o único motivo porque às vezes vacilo. Aposto que se eu fosse alguem importante as coisas eram diferentes.
Bem, por hoje já vos estou a chatear

Um beijo grande para todos

Brancamar disse...

Ora viva Marina,

A menina nunca "chateia", não diga isso.
Tem trazido aqui momentos muito positivos.
As suas questões são muito pertinentes, mas sempre a tenho visto muito animada e agora noto aí um receiozito, próprio de quem está à espera de uma intervenção, é natural.
Vai ver que corre tudo bem. Tanto quanto percebi pelo seu blog está em Coimbra e aí temos quer nos Hospitais de Coimbra, quer no I.P.O. dos melhores centros hospitalares do país. Às vezes os sectores de saúde pública não são tão confortável quanto queríamos nos aspectos que refere, mas pode crer que temos dos melhores profissionais e métodos que existem na Europa e por isso acredito que esteja em boas mãos, mesmo que um ou outro aspecto de organização não lhe pareça o ideal.
Vai correr tudo bem, pode ter a certeza. Hoje o cancro do seio tem sido perfeitamente ultrapassável, ouvimos isso diáriamnte e temos muitos casos à nossa volta.
Diga-nos depois o dia da sua intervenção, se assim o desejar, e nós vamos fazer uma grande força positiva por si.
Há aqui um amigo, o Pedro, também conhecido por "a nossa Locomotiva" que gosta de levar todos ao colo e diz que não deixa cair ninguém...vamos todos levá-la ao colo.
Deixo-lhe beijinhos.
Branca

Brancamar disse...

Salvador,

Por hoje despeço-me e desculpe por esta noite ter sido a comentadora de serviço, comentando os comentários.

Que saudades eu tenho do Guarda Nocturno, que me ajudava a fechar a porta...

Não sei porquê caiu-me uma lágrima que não tem a ver com nada do que aqui foi dito, mas com esta saudade
Hoje digo eu:
Love you all.

Beijos
Branca

Madalena disse...

Olá Salvador. Concordo com o que diz sobre o cancro e reduzi-lo ao estatuto de gripe ou constipação é uma ideia maravilhosa. Vou pô-la em prática já. Queria pedir-lhe um favor: onde é que posso arranjar o CD audio do tal médico americano oncologista, que falou na GE? Mais uma vez, obrigada, Salvador!

CELIA disse...

Olá grande Salvador.
Aproveito o comentário acima a Madalena para lhe pedir precisamente uma informação :
Onde/como encontrar o CD de meditação que comentou ser uma ajuda preciosa para uma boa visualisação?
E a medicina quântica e reiki que tanto respeito mas que nunca sei onde recorrer se quiser alguém com credenciais na matéria,pese embora o relativismo da questão?
qual foi a sua escolha?
Imagine que não seja seu objectivo fazer publicidade .Isso parece-me óbvio.Mas entenda que muita gente não possui os contactos de excelencia que se nota fazerem parte do seu circulo social pessoal.
Agora ,a questão é :
Não vou pôr o meu mail aqui ,e o seu...não sei.
Assim o que tem a dizer sobre isto?
Aguardo.
Quando tiver disponibilidade,ok?
Continue bem meu caro,e mais uma vez..bem-haja.

OBSERVADOR disse...

Uma informação para a Célia.

Vá a este "site"
http://www.milcaminhos.com/

É o "site" de uma grande amiga. Lá, pode perceber tudo o que questiona.

Encontra o contacto da Cláudia Rodrigues, essa amiga, e pode estar à vontade para esclarecer TODAS as dúvidas.

Em relação ao reiki, se quiser posso dar-lhe alguns esclarecimentos.
No meu blogue tem o endereço electrónico para me contactar.

Espero ter sido útil.


Bom dia Catedral, bom dia gente boa!!!

Maria disse...

Olá, Bom dia!
Hoje acordei com a chuva miudinha a bater nas vidraças e um poema a bailar no meu subsconsciente. Dedico-o a todos e ao Salvador. é o poema mais pequenino que conheço do David Mourão Ferreira, mas com muito significado.

Legenda
Nada garante que tu existas
Não acredito que tu existas

Só necessito que tu existas

Fiquem bem. Maria

pecadora disse...

Salvador!

Desculpe não ter nada a ver com o post, mas só hoje cheguei a Lisboa.
Não queria deixar de lhe dar um forte abraço pois também já senti na pele o que é ter um cancro e tal como você venci-o. Desejo que continue a correr tudo pelo melhor e se precisar de um ombro amigo, disponha.

Um beijinho
Pecadora
http://asfantasiasdeumhomem.blogspot.com/

Alda disse...

Salvador, eu costumo dizer que os milagres ainda existem! Acreditar na cura ajuda a vencer a batalha e o Sr é o exemplo disso.
Todos nós que lutamos para vencer a doença, temos momentos menos bons, mas olhando para o seu caso, e tantos outros que são verdadeiros milagres dá-nos uma força incrível para não baixar os braços!
O Reiki também ajuda imenso!
Ajuda a curar o corpo e a mente.
Eu sou reikiana tenho o 2º nível fiz muito Reiki, e tudo foi menos doloroso para mim...
Em vários Países já foi reconhecido como uma boa terapia para todas as doenças especialmente para o cancro, sendo aplicado a esses doentes em hospitais e clínicas. Penso que cá também.
Também quero comprar o seu livro, para ficar com o seu testemunho para sempre. Obrigado.
Um abraço.
Alda
http://viveroutravez.blogspot.com

Nela disse...

Salvador,

O que diz em relação à forma como olhamos para o cancro, faz todo o sentido para mim.
Desde o início do diagnóstico do meu carcinoma, nunca considerei que tinha em mim um inimigo. Nunca achei que precisava de o odiar. Tentei perceber o que tinha para me ensinar, o que teria eu a aprender com a situação. E fiz, inclusive, uma cerimónia na praia quando achei que já tinha aprendido o fundamental. Agradeci-lhe e disse-lhe que já podia ir embora, já tinha cumprido o seu papel.

Para mim, a luta contra o bicho cruel não fez sentido. Despedi-me dele há dois anos e meio. Não quero que volte, mas não lhe quero mal.

Luisa Mello disse...

Salvador
Sinto vontade de lhe deixar uma palavra...Mas não sei qual. O Salvador já as usou todas.Pela força que nos transmite a única palavra possível: OBRIGADA.
Para si e para o seu futuro que é um pouco o de todos nós: SORTE.
Não vou deixar de o visitar, por si e por mim. Preciso de ESPERANÇA.
até um destes dias.
Luisa

Anónimo disse...

sempre adorei o tio desde que o conheci ,
tenho imensas saudades do tio
tenho pena que o tio se tenha afastado de nos há cerca de 3 anos
tenho saudades das ferias na balaia juntos e dos fim de semanas juntos...
Grande Abraço tio , tenho orgulho em conhece-lo

NAO SOU SOBRINHO MAS SOU FILHO DE GRANDES AMIGOS DO TIO

anasantoantonio disse...

Caro Salvador,
Fala-lhe uma Poetisa do norte, alguém que já teve o seu "milagre". Porque é preciso ter Esperança, ter Fé, por Amor acredite num milagre sempre.
Amar alguém é ser o único a ver um milagre invisível para os outros.
Em Fevereiro de 2008, foi publicado o livro que eu escrevi, testemunhando a minha luta contra um cancro que era dele, mas passou a ser meu também. "Teu Cancro Meu", assim se chama o meu livro que fala sobre um Adenocarcinoma do estômago e que resultou numa Gastrectomia total alargada. Uma doença grave em que uma biopsia sentenciou a vida do meu companheiro em cerca de 3 meses. Mas existe uma força maior do que qualquer mal ruim, e sobre a qual Deus nos cloca a prova de acreditar ou não acreditar, ter simplesmente Fé, e coragem para admitir a nossa fragilidade humana e Esperança no poder Divino.
Gostaria de lhe enviar este livro, que lhe ofereço porque acredito no seu milagre, tenha ele vindo do céu ou da terra...
Coragem e bem haja pela vida!
ana barbara santo antonio

Anónimo disse...

Salvador
Nunca tinha ouvido falar seu nome até à entrevista com a Judite de Sousa. Seguia-a na integra.
Vc é um exemplo a seguir. Qta força! Que honestidade.Lutadores assim são de facto uns VENCEDORES.
Tb eu tive câncer. Como me lastimo! E não passei nem por metade do seu sofrimento. Seu caso me abriu os olhos para a minha realidade. Me senti pequenina e ingrata. Bem haja por existir!
Tudo de bom.

Anónimo disse...

Cheguei agora ainda não li todos os comentários ,mas que Mar de Gente Tão Boa veio nesta corrente dos últimos dias.

Obrigado Amigos Bons.

Pois é Branca picaretas escreventes somos os dois

Outras qualidades como a Branca tem não chego lá ,mas deixar cair alguém não o deixo.Tenho esse colo é verdade.

Até amanhã Gosto Muito de Voces

Pedro Ventura-Locomotiva

Anónimo disse...

Olá Amigos,

cá continuo no IPO, com o meu pai, para mais uma noite ... Apetecia-me desabafar e lembrei-me de vocês!
Ao contrário do meu pai que parece renitente na sua cura eu ACREDITO com toda a minha FORÇA ... Precisava acreditar em milagres, já que os médicos disseram que só um milagre salvaria o meu pai ... Vocês são a minha fonte de FORÇA de ESPERANÇA ... Quando me sinto a desvanecer bebo um pouco das vossas magnificas histórias e solto o meu largo sorriso para todos aqueles que estão ao meu lado nesta luta ... Nesta altura, mais do que nunca, adorava ter imensos irmãos ...

Beijinho enorme e continuação de uma luta triunfante.

Valquíria

Mari disse...

Salvador
Sou eu, de novo.
Enviei meu comentário pelas 20:27 mas não me identifiquei. Minha experiência com blog, é pouca. Mesmo tendo conta no google, não consegui enviar o comentário senão como " anónimo". Agora, resolvi isso.Uma pequenina vitória ( rs).
Continue pela vida fora distribuindo carinho e aquecendo os dias, de quem têm o privilégio de o conhecer, virtualmente ou não.

Até breve

Armando Leite disse...

Meu Caro Salvador,
Tomei conhecimento pela revista Sábado do teu caso, que firmemente espero que já não seja, comprei a Catedral e vi a tua entrevista à Judite de Sousa. A tua fá salvou-te. A tua determinação inabalável, em conjunto com os médicos, fez o resto: derrotar a cada segundo, a cada minuto, a cada dia esse inimigo que agora, mais uma vez sabemos, pode ser derrotado.
Estou feliz por ti e quero dizer-te que espero poder, pelo menos em espírito, festejar contigo e com todos os que fazem parte desta família solidária a VITÓRIA FINAL. É preciso, como dizes, ACREDITAR, ACREDITAR SEMPRE que temos uma força capaz de derrotar o pior dos inimigos: a doença. E tu foste CAPAZ companheiro. Continua, continua forte e determinado para rapidamente saboreares a vitória total. Desejo-te as maiores das felicidades.
Um abração.
Armando Leite
PS: Já agora onde poderei arranjar o CD do Dr. Carl Siomonton. Qual o título? Podes ajudar? Obrigado.

Carecaloira disse...

Boa noite Salvador,
Boa noite Catedral,

hoje, não sei porquê, tenho me lembrado muito da Catarina. Alguém sabe dela? Está tudo bem?

Branca, obrigada pelas mensagens de apoio. Você é uma amigona.

Beijos para todos

Paula Simões disse...

olá Salvador
ólá Catedral

Salvador espero que se encontre bem e que continue como até aqui a dar FORÇA a esta Catedral

para a Valquiria continue a Acredita e a ter Fé que Deus de certeza não a vai abandonar não é preciso ter muitos irmãos basta vir á Catedral que tem os amigos beijinhos para si e para o seu pai FORÇA e CORAGEM

beijinhos para toda a Catedral do tamanho do MUNDO

Anónimo disse...

Na vida o meu pai sempre me ensinou a ver as coisas boas mesmo no meio das más ... No meio de tudo isto conheci pessoas que sem me conhecerem me dão o melhor delas ... Obrigada Amigos :)

Beijinhos para todos os Catedralenses :D (acabei de inventar, mas soou bem :) )

Valquíria

Anónimo disse...

OLÁ SALVADOR...
TAL COMO MILHARES DE PESSOAS, ESTIVE ATENTA À SUA ENTREVISTA NA RTP.
VÁRIOS AMIGOS ME ALERTARAM DO SEU CASO, POIS PADEÇO DE UM CASO SEMELHANTE E TAL COMO VC, TENHO REAGIDO DE UMA FORMA MUITO POSITIVA.
TIVE UM CHOQUE EMOCIONAL MUITO FORTE COM A PERDA DO MEU MARIDO, SOU VIÚVA, DAÍ, SE TENHA ACELERADO UMA SERIE DE TUMORES. PRIMEIRO UM TUMOR MALIGNO NO INTESTINO E PASSADO UM ANO MENINGIOMAS. (TUMORES CEREBRAIS POUCO AGRESSIVOS, MAS QUE INVADIRAM UMA GRANDE SUPERFÍCIE DOS OSSOS DO CRANEO)

FUI OPERADA NO H S. JOAO NO PORTO.
PASSADOS 3 MESES, FIZ NOVA RESSONANCIA E SOUBE Q O TUMOR RECIDIVOU.
VOU REPETIR RESSONANCIAS E INFORMAR-ME SE O GAMA KNIFE ESTARÁ INDICADO PARA O MEU CASO.
HA MESES ATRÁS, O DR LOBO ANTUNES, DISSE-ME Q NÃO. MAS VOU CONSULTÁ-LO NOVAMENTE E FALAR COM OS MEUS MÉDICOS DAQUI DO S. JOÃO.
ESTOU A FICAR COM O ROSTO DEFORMADO. PEÇO A DEUS Q HAJA ALGO Q FAÇA TRAVAR ESTA MALDITA DOENÇA.
FELICITO-O PELO SEU POSITIVISMO...
FELICITO-O PELA SUA ABERTURA... PELA SUA HUMILDADE E PELO SEU AMOR AOS OUTROS.
CERTAMENTE, TAL COMO EU, APRENDEU A APRECIAR CADA SEGUNDO E AS COISAS MAIS SIMPLES DA VIDA.
UM ABRAÇO.
NÃO ABANDONE O BLOG, POR FAVOR...
CHAMO-ME EUGÉNIA E VIVO EM GAIA

Brancamar disse...

Boa noite Salvador,

Vim ler-vos e confesso que ia sair para não perturbar esta dialogante Catedral, que rola por si, como já sabemos há muito, mas encontrei aqui uma pergunta a que posso responder. A Marina (careca-loira) quer saber da Catarina. Ontem mesmo falei com ela, terça feira tem que estar no Hospital Stª Maria e depois creio que dará notícias. Está melhor Marina, não se preocupe.
Mesmo com os seus problemas, sempre preocupada com os outros!
Tudo vai correr bem.

Valquíria, tal como diz a Paula Simões nós somos os seus imensos irmãos e como vê não arredamos pé, sempre nos vai encontrar por aqui e principalmente o Salvador, grande mentor deste espaço.

Os velhos Catedralenses como nos chamou e de que já faz parte também sabem que o Salvador mesmo quando não pode escrever nos lê e está a pensar em todos e sempre traz as suas respostas no momento certo. Já nos habituamos a falar uns com os outros, sabendo que temos sempre o seu espírito e a sua força por tràs e o muito que aprendemos com o seu exemplo.

Continue por cá para levar esta fé e esta força ao seu pai.

Beijinhos para todos.

iw disse...

Bom Novo Dia, Salvador
Bom Novo Dia, Catedral

Gostei muito de saber notícias da Catarina e de ver que a Carecaloira voltou, apesar da batalha que trava neste momento e das dúvidas que a vão assaltando de vez em quando... Força e nada de abatimentos!!!

Valquíria, continue sempre a Acreditar, apesar dos momentos difíceis por que está a passar... e venha aqui falar e buscar forças para poder continuar a espalhar sorrisos à sua volta.

Eugénia, muita força para si também!

Rezo por todos.

Quero mandar beijinhos muito, muito grandes ao Salvador, às nossas "picaretas escreventes" e ao nosso amigo Observador de quem já tenho muitas saudades.

Beijos a todos

Isabel

Jose Tomaz Mello Breyner disse...

Caros Amigos

Bom dia a todos. Tenho estado a ler os vossos comentários e vejo em todos eles determinação, coragem, força de vontade, medicinas alternativas mas vejo pouco DEUS. E neste caso do nosso Salvador não tenho a menor duvida de que Ele teve o papel PRINCIPAL. Não me esqueço logo no inicio deste blogue que a primeira iniciativa que os amigos do Salvador tomaram foi a presença no terço organizado pela Diana na Capela do Rato. A partir daí organizou-se uma cadeia de orações chegando-se a uma "corrente" de 24 horas de terços. Não duvido que esta cura do Salvador se deveu ao poder da oração e a ter havido tanta gente a rezar por ele. Gente que nunca aqui escreveu mas que rezou sempre pelo Salvador. Acredito que Deus Nosso Senhor atendeu estes pedidos. Assim peço a todos os participantes que rezem por todos aqueles que têm vindo aqui pedir ajuda, pois não tendo duvidas que a ciência é importante acredito que o papel principal é a vontade de Deus, e como católicos só temos de aceitar a sua vontade. O Salvador faz parte de uma grande familia que "disparou" terços por sua intenção, e não tenho duvidas que o resultado está bem à vista.

Um abraço a todos

Zé Tomaz

Jose Tomaz Mello Breyner disse...

E já agora gostava de deixar aqui um testemunho de uma amiga que faz parte do grupo de peregrinos do Estoril e que este ano não poude participar na peregrinação devido ao agravamento do estado de saude de uma irmã e que escreve assim :

" O valor da Vida, diante da Morte



A minha peregrinação deste ano foi com a minha querida irmã Ana, com quem tive o privilégio de acompanhar os seus últimos passos neste caminho que foi a sua vida. Foi a melhor peregrinação das nossas vidas. A ela porque teve a oportunidade de se colar a Cristo e ser por Ele suportada no últimos e difíceis passos carregando a sua cruz. A mim porque me foi dado viver e caminhar com ela e com Ele e compreender como é importante estarmos ao pé da Cruz. Senti que me foi dado viver algo parecido com o que Nossa Senhora terá vivido quando impotente assistia ao "fim" do seu Filho na Terra. Aos últimos dias da Ana assistimos lado a lado com a Madalena, tão querida irmã e enfermeira, com a minha mãe que foi outra imagem de Maria, que tive a graça de contemplar, e com amigas que todos os dias iam ajudar a Ana a comer entre outras coisas.

Estes momentos foram vividos com uma tal intensidade e Fé, que venha o que vier, sei que ficaram gravados no mais profundo do meu ser, até chegar o momento da minha partida.

Estar intimamente ligada ao sofrimento do outro, dá-nos ainda a possibilidade de viver aquilo que provavelmente foi a Transfiguração no Monte do Tabor. Por alguma razão Jesus, chamou os seus amigos íntimos e deu-lhes a "conhecer" a Sua Divindade, a Sua Luz, e logo de seguida disse-lhes como ia morrer.

Foi por obra e graça do Espírito Santo que a mim, me foi dada a possibilidade de assistir ao "Abraço de Deus com a Ana". Eu vi! (como também o afirmou Maria Madalena, logo após a Ressurreição do Senhor). Eu Vi o Seu encontro com a Ana, porque a vi "levantar-se" e levantar os seus magros braços e os seus olhos para o Céu. Logo a seguir ela morreu. Foi como se o seu corpo ficasse vazio e a sua alma estivesse naquele momento nos braços de Cristo. E o mais incrível é que ela ficou serena. Deus tinha-lhe levado Tudo!

Ainda estou um bocado em estado de espanto e por isso talvez pensem que estou "louca", mas não, estou com uma PAZ como nunca tive. É como se nunca mais tivesse medo da Morte. Mas uma coisa tenho a certeza, sei que esta graça foi possível porque não tive medo de me aproximar do sofrimento da Ana, que foi horrível. Não tive medo de estar com ela no momento da partida, mesmo que não estivesse mais ninguém. E no fim Deus, deu-lhe a ela e a nós a graça de estarmos todos juntos: a mãe, a Madalena, eu, a Luísa Sampaio, o Pedro auxiliar e mais duas outras auxiliares. Todos ficamos junto a ela, serenamente e ajoelhados à sua volta. Foi tão bonito, que isto só pode mudar a minha vida e de tantos que com ela viveram os seus últimos tempos de vida. Fiquei com a certeza e isso aprendi com a Ana, que é preciso rezar muito, muito. É preciso amar, amar até doer. É preciso contemplar a Cruz sem desviar o olhar de nenhum cravo e sobretudo é preciso confiar, confiar, confiar neste Senhor que é o Senhor do Universo e das nossas vidas. Só assim daremos a dignidade à pessoa, desde o momento da sua concepção até à morte natural, porque tudo isto é a nossa VIDA.



Sofia Guedes"


Que pequenino me sinto perante este texto. Que exemplo de fé e de aceitação dos designios de Deus nos dá aqui a Sofia. Bem haje Sofia por nos ajudar a compreender os mistérios de Deus.

Zé Tomaz

Anónimo disse...

Olá

Já conhecia o seu blog antes da entrevista com a Judite de Sousa, e se antes disso já o admirava, agora acredite que, mesmo sem o conhecer, passei a admirá-lo muito mais.
Julgo que deu uma verdadeira lição de vida, não só aos seus amigos, mas a todos quantos viram a sua entrevista, ou visitaram o seu blog.
Julgo que só um ser humano, muito especial, consegue ter tanta determinação, confiança e coragem para passar por um processo como aquele que viveu.
Espero que tudo corra pelo melhor e já agora fica um desafio, como jornalista da imprensa local, desafio-o a continuar a partilhar com todos nós essa experiência de vida que é de louvar.

Cláudia Aldegalega

teresa félix disse...

Olá Salvador
Olá Catedral

Em primeiro lugar dirijo-me à Marina: minha amiga nunca pense que não é importante, claro que é! pense na sua filha, no seu marido, na sua família, nos seus amigos e em todos a aqueles que estão consigo na sua luta. Quero dizer-lhe que é perfeitamente normal que tenha momentos em que vacila, afinal é humana, mas deve esclarecer todos os seus anseios e dúvidas com os médicos que a acompanham. Não tenha receio de fazer perguntas, vai ver que uma vez obtidas as respostas fica mais tranquila e esperançada. Também eu vi momentos de ansiedade, também eu vacilei e às vezes ainda vacilo! tive dúvidas sobre quem me ia operar, se os procedimentos estavam correctos. É normal, mas vai ver que tudo correrá da melhor forma. Não perder a esperança e a fé é fundamental. Caso necessite de algo disponha sempre.

Ao Senhor Jóse Tomaz, conte comigo para a corrente de Oração. Quero partilhar convosco algo que me aconteceu: quando me foi diagnosticado cancro da mama em 2005)uma amiga minha ofereceu-me uma imagem de Nossa Senhora de Fátima e a minha mãe mantém desde esse dia uma vela acesa junto dela. Todos os dias quando me levanto ou quando me deito beijou-a e agradeço pela dádiva que me foi concedida, a possibilidade de estar viva e poder ser a cada dia melhor mãe, melhor esposa, melhor filha, melhor amiga, melhor cidadã porque acredito que se assim o fizer ela olhará por mim, pela minha família e por todos aqueles que estão nas minhas orações.

Um enorme beijo a TODOS.

Anónimo disse...

Ola, Salvador e Catedral,
Alguem sabe qual a editora do livro do Salvador da Silva?
Ainda não adquiri o livro... a primesbook é a editora? ou o site que vende o livro?
Cumprimentos,

Anónimo disse...

Catedral

Salvador vi a sua entrevista muitos parabéns

Que lição de vida para todas as pessoas que tiveram a sorte de o ouvir.

Rezo por todos vós.

Salvador permita-me citá-lo:

"Por e pelo Filipão, nunca nos esqueçamos de o recordar com Alegria."

Abraço-vos

Leonor Antunes

Bébé disse...

Salva,
Catedral,
Fiz fim-de-semana comprido e só agora regressei.

Muito sentido envio Bjs e fortes abraços para a Raquel e Graça, e um xi-coração para o Rui que também é um valentão. Como foi o seu irmão, o nosso menino Filipão.

A Grande Entrevista não foi grande, foi enorme. Basta ver os testemunhos de tanta gente que pela 1ª vez vem à Catedral.

Para a Catarina um bj, sua marota, está em Lisboa e não dizia nada? è preciso alguma coisa? basta dizer: venha cá que eu cá me arranjo.

baralhações
abração
Bébé

Isabel Santos disse...

Ola Salvador!

Tive a sorte de, por acaso, conhecer a sua historia no programa da Judite de Sousa!Antes de mais quero dar-lhe os parabens pela sua coragem e pela força extraordinaria que tem dentro de si e que transmite aos outros! É maravilhoso que no mundo de hoje ainda existam pessoas assim! PESSOAS BOAS! Parabéns mais uma vez! Mts felicidades
Isabel Santos (Évora)

Elisabete disse...

Olá Salvador!
Boa tarde a todos!

Hoje venho cá, e confesso que as minhas palavras certamente não vão conseguir espelhar da melhor forma o que me vai na alma.
Vi a sua entrevista na quinta- feira passada e que GRANDE ENTREVISTA! Ainda não tinha tido a oportunidade de lhe deixar a minha mensagem de OBRIGADA, porque no próprio dia tentei mas não consegui enviar e depois a net esteve ocupada pelas minhas meninas.

Quero dizer-lhe que gostei muito da postura do Salvador na entrevista (não era de esperar outra coisa). Depois de tudo o que nos transmitiu, tenho a certeza que todos nós deixamos de ter "pavor" dessa doença, passando somente a ter respeito por ela.

O Salvador é dono de um coração enorme e de uma generosidade indescritível. Tem uma atitude de partilha e de ajuda ao próximo, que só demonstra tamanha nobreza de alma.
Tenho por si uma admiração profunda.

Como já referi anteriormente, também estou a travar uma batalha com o inimigo. Estou numa fase em que já terminei os tratamentos, mas ainda não iniciei a minha vida profissional, e tudo isto, para lhe dizer que não passo um dia sem cá vir buscar energias, e sempre que possível também trazer uma mensagem de apoio a quem dela precisar.

OBRIGADA POR EXISTIR SALVADOR!

Portugal a partir de quinta-feira e, de o ver e ouvir ficou mais rico.

Muito obrigada!
Fique bem!

Um abraço solidário

Elisabete

Graça Lopes disse...

FINALMENTE...
A Grande entrevista que eu não consegui ver já está on line
http://ww1.rtp.pt/multimedia/index.php?tvprog=1436
Adorei.
Obrigada Cavaleiro Monge!

Graça Lopes disse...

Alguém sabe se, e como se pode guardar o vídeo?

Brancamar disse...

Boa tarde Salvador!
Boa tarde Catedral!

Estou muito contente hoje porque revi uma amiga da Catedral.
Pois!Pois! Só para vos fazer assim uma invejazinha positiva, estive com a nossa Joana Freud,a mana da Catedral que mais vezes vem ao Porto.
Foi assim só um bocadinho mas soube tão bem!

Acho que o Zé Tomaz tem toda a razão, falamos muitas vezes na nossa força, na nossa fé e só raramente nos lembramos de falar de Deus, mas creio que é n'Ele que pensamos todos. É Dele com toda a certeza que nos vem esta força.

Quando a Sofia Guedes diz no seu belo testemunho que "é preciso amar, amar até doer...", imediatamente me lembrei de uma frase de Madre Teresa de Calcutá que é lindíssima e um grande testemunho do amor Cristão e que diz que "Quando você amar até doer,não heverá mais dor, só amor".
Uma frase de que gosto muito, de uma mulher de oração e de acção.
E esta Catedral pretende humildemente ser isso mesmo, umas vezes oração outras a acção que é possível...
Beijinhos a todos.
Branca

V@nok@ disse...

Olá salvador!
Deixe dizer-lhe que não havia nome mais apropriadio. Talvezs tenha sido ele que lhe proporcionou a verdadeira força para se salvar!
Não me conhece...mas quando o vi na tv eu senti que já o conhecia, que já nos tinhamos ligado por algum aspecto em comum.
O ponto em comum surgiu depois, quando ao ouvir a sua história, viagei no tempo, e lembrei-me de situações identicas que se passaram com a minha mãe.
Tinha apenas 9 anos quando ela faleceu, infelizmente.
Mas por ter boa memória ainda hoje me lembro da maior parte das coisas que aconteceram:
O efeito da quimio;
O choque na descoberta da doença;
As palavras dos médicos;
As lágrimas choradas por toda a família e amigos;
A dor, ou melhor, o sofrimento.
Ao ouvir a sua história, não quiz que isso tivesse acontecido na vida da minha mãe; quiz sim que todas as pessoas no mundo tivessem a actitude positiva e lutadora que têm na vida.
Nada a poderá fazer regressar, mas para a recordar lembro-me de uma frase que ela gostava de referir e que guardarei para o resto da minha vida:
" A ESPERANÇA É A ULTIMA A MORRER!"
Obrigada por transmitir ás pessoas que sofreram pela mesma doença, a vontade de sorrir e acreditar que a luta NÃO É EM VÃO!
Abraços e força!

Cristina disse...

Boa tarde,
Nunca pensei estar tanto tempo a ler posts, mas depois da entrevista do Salvador (desculpe-me tratá-lo assim) fui literalmente atraida para o seu blogue, e tenho tanta pena, mas tanta pena mesmo, de não ter sabido mais cedo, pois perdi o meu irmão no dia 1 de Fevereiro e ele adoraria ter lido, comentado, dado palavras de apoio a todos.Mesmo em fase terminal, nunca deixou de se aproximar das pessoas no IPO, dando-lhes um sorriso, uma palavra amiga. Queria dizer a todos que estão doentes, e aos que os acompanham NÃO DESISTAM, ele também não desistiu, mas os "malditos bichos" foram mais fortes. Eu estive á beira de desistir após 2 AVC'S, mas ainda bem que o não fiz e assim pude testemunhar, através do meu irmão, o que é lutar pela vida. Eu ganhei, ele não, mas ele não "morreu" apenas "partiu mais cedo". Um grande beijo a todos e ao Salvador um bem-haja, deu-nos uma grande licção. Parabéns!
Cristina Cohen

Elisabete disse...

Olá mais uma vez!

Agora, e aprendendo com o Salvador a separar os assuntos, venho pedir à Branca e ao Pedro ventura um bocadinho do vosso colo (que tão generosamente ofereceram), para mim e para a minha maninha Dani, que esta semana estamos a precisar muito dele.
Os vossos textos entram-me no peito de uma forma que não consigo explicar.
Adoro-vos!

Agradeço a todos os que me tem enviado mensagens de força e que não nomeei. Gosto muito de vocês todos.

Fiquem bem!
Até breve!

Abraços

Elisabete

Brancamar disse...

Para quem não viu a entrevista e concerteza tem muita vontade de a ver, para outros que querem revê-la e para os que a querem guardar, aí vai um link precioso que chegou pela mão generosa da Graça:

http://ww1.rtp.pt/multimedia/index.php?tvprog=1436

Beijinhos
Branca

jaime latino ferreira disse...

LIKE

Like you and me
People who need's people
We know to see

Jaime Latino Ferreira
Estoril, 16 de Junho de 2008

Anónimo disse...

Catedral,

É isso Elisabete conte comigo assim como a sua irmã Dani.

A sua ternura ao chamar-lhe maninha é muito Querida .

Força agarrar a vida a semana vai correr bem de certeza moral para cima.

Nós estamos aqui atentos a puxar e a amizade, solidariedade é grande .

Branca mais uma vez obrigado.

Mar de Gente Tão Boa nós na vida temos de estar sempre bem connosco, o resto virá por acréscimo e respeitando todos no meu caso digo Alguém me conduzirá.

Sabem eu sou como sempre o disse um viajante deste autocarro tão grande que está com uma lotação que não existe em parte nenhuma, mas não pára de entrar Gente Boa.

Digo-lhes a lotação nunca se esgosta porque este Mar é fora do comum.

Vamos em frente ,mas não esquecendo nunca de olhar para trás , porque pode sempre alguém precisar da nossa ajuda, e neste trajecto muitas vezes temos todos nós fases, doenças, dificuldades eu sei lá a vida muda como todos sabemos num segundo

Bem já os chateio mas é assim não é Branca colega picarente escrevente.

Então boa esse encontro com a Jona F, já viram o que a Catedral faz.

Até logo Gosto Muito de Vocês

Pedro V-A V/Locomotiva

Linda disse...

Boa tarde Catedral...
Antes de mais o meu muito obrigada á Branca pelo link da entrevista,sempre pronta a ajudar, não tinha visto ,sorvi cada palavra ,como é bom ouvir aquele testemunho de fé e esperança, aquela força de viver. Como já aqui referi ouvir o Salvador ajudou muito a minha tia, penso que no íntimo dela está á espera que lhe aconteça também um milagre, é muito bom para todos os que se encontram nesta luta e para quem está a acompanhar ter um pouco de esperança,ainda não comprei o livro mas estou com muita vontade de o ler, ainda não o vi a venda ma espero encontra-lo na Fnac.
Para todos os que aqui se encontram uma boa semana (já faz parte da minha rotina diária vir aqui)
Como diz o Salvador
Beijos e abraços
Linda

OBSERVADOR disse...

Bom dia e "boas ondas".

Ando a 100 à hora mas NUNCA me esqueço desta gente maravilhosa.
Os antigos e os recentes.

ESTAMOS JUNTOS PARA O QUE DER E VIER.

Catedral, abraço-vos.

jaime latino ferreira disse...

Os antigos e os recentes, doentes ou não!
Da terapia, afinal, também faz parte a integração, já que todos, de um ou de outro modo, padecemos de maleitas e somos, pelo menos, todos limitados ...
Às vezes o problema está em se pensar que há o mundo dos doentes, coitados (!?) e o daqueles que se julgam, não intencionalmente, julgam não se incluir nesse lote.
Desculpem-me a crueza da expressão, lote, utilizada.
O olhar daquele que para o doente olha, involuntariamente (!), como um coitadinho, também só atrapalha tudo logo por ao doente Lhe retirar a dignidade.
Eu que felizmente não estou doente, não Te olho como coitadinho, tento antes transmitir-Te a força que só na plena posse da Tua soberania a podes desenvolver, potenciar também!
Força é o que Vos desejo, doentes ou não, estes, tantas vezes os últimos a conseguirem-na sacar e exactamente por não se encontrarem numa situação limite!!
Força é o que Vos desejo!!!
Jaime Latino Ferreira
Estoril, 17 de Junho de 2008

Anónimo disse...

Olá a todos: estou aqui para vos dizer que estarei também em comunhão convosco. Oxalá saibamos todos dar o verdadeiro valor que a vida tem e enquanto Deus no-la dá. Esse dom maravilhoso que muitas vezes quase o desprezamos.
Tenho estado a ler como posso certos comentários e apenas uma palavra amiga vos deixo a todos. Lutem pela vida que é bela e maravilhosa. Deus é muito grande e os milagres acontecem todos os dias. A VIDA já é um grande milagre. Cada minuto é um milagre.
A todos um grande abraço e muita força e coragem.

DEUS É MUITO GRANDE

jaime latino ferreira disse...

VIDA

O que faz a vida ser aquilo que é e quando escrita assim?

O que faz de onde vir a vida que é o Ser?

O que leva a escrever e quando escrita ela surgir?

Porque artes quando dita ou escrita a vida se replica?

E porque ficando escrita a vida é mais?

E porque sendo a escrita coisa hirta, nela se movimenta e vive sem fim?

E porque vive a vida sem ter fim?

E ...?

Jaime Latino Ferreira
Estoril, 19 de Junho de 2008