segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

O LIVRO DO BLOG

OAT!!!

- Em relação à possibilidade de publicação de um livro a partir deste blogue, gostaria de pedir a quem eventualmente não deseje ver algum dos seus comentários publicado em livro que mo transmita expressamente, preferencialmente por E-Mail (s.vazdasilva@netcabo.pt), para eu poder agir em conformidade.

- De hoje (2ª feira) a uma semana lá farei os meus exames gerais de reavaliação, e só então terei mais novidades clinicas. Entretanto a quimio vai actuando e destroçando, paulatinamente e dia após dia, o Inimigo.

- Obrigado a todos pelos vossos comentários que me animam invariávelmente, sobretudo nestes momentos que são de espera de resultados, lembrando-me diáriamente a quantidade de Amigos fantásticos que tenho e que ninguem esmorece nesta Catedral antes da Vitória Final. Muito Obrigado MESMO!!!

Vou dormir, até mais logo.

BEIJOS E ABRAÇOS,

Salvador

76 comentários:

Joana Freud... disse...

Salvador,
Não só a quimio.
TU, com a tua força de viver, determinação em vencer, ânimo, perseverança, Esperança, Confiança.
A TUA FAMÍLIA E OS TEUS AMIGOS, com o Amor, a companhia, o cuidado, o colo, a alegria, a vontade, a Fé.
Em Nosso Senhor, Jesus Cristo!
Deus te abençoe!
Um beijinho.
Joana

Anónimo disse...

Queridíssimo,

Sobre esse assunto - Livro - ainda estou à espera de uma resposta... ou será que não leste a mensagem?
Uhm...dúvido, não ligaste pevas:)...
Mas eu sou paciente...
E continuo à espera... mesmo que seja um "não"... não me zango contigo.
Sabes isso tão bem...

Beijo arregalado de fé e esperança nesses resultados. E sempre contigo, abraço apertado.
Lena

Ps - as tuas velas ardem serena e pacíficamente... bom sinal...

Tomás MG disse...

Salvatori

Aproveita para descansar esta semana, porque para a próxima vai haver festa cigana, para festejar a debandada do resto das bichas.

Entretanto vêm ai mais um dia e vamos aproveitá-lo todo

Um BOM DIA para ti e para todos, a eles FONIQUESE

Tomazini

OBSERVADOR disse...

Bom dia.
Vem aí mais uma semana de correria.

Já oiço, finalmente, falar do livro.
At last!

E lá vou eu, a correr para o trabalho que dignifica. Dizem.

Abraço-vos, Catedral.
Um abraço grande para o Salvador.

Anónimo disse...

Mano Salva e Catedral,

Boa Mano Salva ler-te outra vez

Vamos à semana já o disse é impressionante passa a correr o tempo então agarrem-no bem.

O livro sei desde o inicio que era uma vontade tua Salva cá estamos.

Todos os dias encontro comentários desta Gente Boa que gosto muito e tocam-nos.

Abraços e Bjs

Pedro Ventura

paulac disse...

Bom dia Salvador,
Bom dia Catedral,

Ora ainda bem que apareceu um novo post e que continua com o ânimo nas alturas!

Em relação à interessantíssima informação do VG sobre os décibeis do choro infantil: sempre fui um bocadinho radical, como é uma coisa que me incomoda (criancinhas aos gritos) quandos os meus eram pequenos se não tivesse com quem os deixar preferia não ir jantar fora do que passar o tempo a levantar-me, entretê-los ou levá-los até à rua no meio de um jantar! Acho que é um inferno para os pais e para o resto das pessoas presentes!

Tudo a «carpar» o dia de hoje!
Um beijinho
Paula

Piedade disse...

bom dia salvador
bom dia a todos
gostei muito de te ter la em casa com a diana o pedro v e a luisa.Foi optimo e francamente Salvinhas achei te francamente melhor quea ultima vez que te tinha visto.
Assim espero e acredito que continues.
Para quem tem um tempinho sugiro que experimentem este site:
http://www.20q.net/
É muito giro e até parece bruxedo........
Um beijo grande
Palhá

iw disse...

Bom Novo Dia!
A ele, f.... !!!!
Beijos
Isabel

VascoG disse...

Uuuuppppsssss... Não tinha visto o novo comentário, pelo que cá deixo cópia do que deixei no anterior... Bem que me pareceu estranho às 8h40 ninguém estar acordado... Mas vá-se lá entender esta Rapaziada... Até podiam ter saído todos com o NMV intem à noite... Sabe-se lá...
Abraços e beijinhos


VascoG disse...
Bom dia Mano Velho
Bom dia Rapaziada toda

As melhoras às Manas Paula e Joana e até lopes
VG

11 de Fevereiro de 2008 8:40

Anónimo disse...

Bom dia GRANDE SALVADOR
Um grande abraço, com muita força,com a força toda da Catedral e nao te esqueças que a VITORIA final esta cada vez mais perto.
AFA

elvira carvalho disse...

Bom dia Salvador. Bom que está tudo bem consigo. Penso que de cada vez que está à espera para novas notícias, o tempo custa mais a passar.
Mas sabendo nós que ele tudo cura, logo logo chegarão as boas notícias.
Uma boa semana
Um abraço

mt disse...

É isso aí! Sempre com força e determinação Man!

Nós cá estamos, uns dias com mais, outros com menos, força para ajudar a levar a camioneta que, com o teu pedal, parece crescentemente dotada de motor Porsche.

Abraços e beijos!
E como diz o Tomáz, para asemana é que vão ser elas!!

São disse...

Óptima nova a da destruição, embora paulatina , dos inimigos!

Salvador, se não for pedir demasiado, seria importante postar em 14 /2/2008 a seuinte frase neste seu(nosso) espaço :

CONTRA A PEDOFILIA E OS MAUS TRATOS, EM DEFESA DA INOCÊNCIA!!

Se o fizer, aderirá à blogaem colectica em defesa das crianças e eu agradeço-lhe desde já!

Um boa semana para si ...e para toda a gente que aqui vem. Que também pode aderir *a campnha, òbviamente!!

ana cortez de lobão disse...

Querido primão!

Obrigada nós pelo testemunho de determinação e coragem que tens si para todos nós nesta caminhada. Diz-se que na vida estamos sempre a aprender e, sem dúvida, nestes ultimos meses temos aprendido imenso contigo!

Um abreijo e um queijo se quiseres...trouxe de Serpa :)

primona lobona

Brancamar disse...

Olá Salvador,
Que bom saber que está bem e os resultados da próxima semana vão ser bons como sempre.A prova de que a Fé move montanhas está presente em todas as suas afirmações e atitudes.E nós cá estamos para caminharmos juntos por essas montanhas, onde vamos encontrando a "face" de Deus.
Beijinhos

mt disse...

Man! Estamos tods a postos, nas trincheiras, a ver se há, ainda, inimigo que se perfile para o combate.
Stand tall! Stand proud!

A elas foniquese!

(tenho andado ausente, mercê de outros combates; estou, todavia, sempre "presente" )

Vá de agarrar os sonhos quem os sonhar!

Anónimo disse...

Mano Salva e Catedral

Aí vou direito aos lençóis ,mas sem antes passar por aqui.

Falei com o nosso Mano Salva antes jantar sempre bem disposto, e ainda nos rimos um bocado o que é inevitável.

Mar de Gente Tão Boa é sempre bom lê-los . Até amanhã

Pedro Ventura

Folque disse...

Grande Salvador,

Fica apenas um abraço e o meu muito desejo que tudo te corra bem e que os exames demonstrem que estás (estamos) no bom caminho.

Uma boa noite

João Folque

Brancamar disse...

Salvador,
Cá venho para o meu Boa noite habitual e como sempre levo uma alma nova com coisas tão simples como a frase do mt "vá de agarrar os sonhos..." e o " Mar de gente boa" do Pedro Ventura.Gostei de saber por ele que estava bem disposto, o que é bom sinal.

Para o mt que me desculpe plagiá-lo, mas gosto tanto dessa frase que de vez em quando dou por mim a repetir aos amigos para agarrarem os sonhos, não de forma tão propositada, mas sempre que o contexto o permite aí vou eu a dizer "Atira-te, agarra os sonhos", e lembro-me logo de si.
Bem, por esta ordem de ideias vou a caminho do sono e do sonho.
Até amahã. Tenham uma boa noite.
Beijinhos Salvador.
Beijinhos a todos.

vg/GN disse...

Dorme bem Mano Velho
Durmam bem, os penduras desta camioneta... é que eu paguei bilhete, e vou tentar fazer aquilo que paguei para fazer... "agarrar os sonhos"...
Um grande bem haja aos MT e BM por incitarem a esta caça tão divertida...
vg/GN

iw disse...

Boa Noite, Salvador
Hoje já quase bom dia...
Também vou "agarrar os sonhos".
Beijos
Isabel

Tomas MG disse...

Salva/Catedral

Ai vem mais um, com o povo sereno e confiante, a aguardar as noticias da frente de batalha.

Um BOM DIA para todos

Tomazini

Anónimo disse...

Mano Salva e Catedral

Bom dia é verdade que bom sonhar e só faz bem.

Estou sempre a aprender convosco neste caso Branca e MT.

Adeus até logo

Pedro Ventura

Bébé disse...

Salva,
Bom dia.
abração
Bébé

Jose Tomaz Mello Breyner disse...

Meu Caro Salvador

Tenho andado "arredio" mas a ida a Madrid e o consequente "follow-up" da viagem, bem como o inicio de mais umas obras de redecoração aqui na YH têm-me deixado apenas como o tempo de ler. Gosto do que tenho lido, e vejo que tudo está a evoluir no sentido positivo, e esta evolução fez-me lembrar uma frase célebre de São Gregório em que ele diz que " A vida é uma sucessão de recomeços" Tal como a Primavera Salvador, sinto que tu estás a recomeçar uma nova vida, como eu e tantos outros já recomeçaram. Acredito que irás passar a dar valor às coisas que realmente importam e desprezar coisas a que antes davas imensa importância.

Aguardo com ansiedade os próximos resultados que tenho a certeza serão a confirmação do poder da nossa oração. Amanhã dia 13 lá pediremos por ti para que Deus Nosso Senhor te continue a acompanhar nesta caminhada, e já agora que não se esqueça também das tuas "bengalas" que somos todos nós que fazemos esta caminhada contigo.

Um abraço do Primo Preguiçoso


Zé Tomaz

iw disse...

Bom Novo Dia, Salvador
Um grande beijinho
Isabel

ana cortez de lobão disse...

Querido primão!

Mais um dia, praticamente mais uma semana...isto não para, sempre a andar...
O sol, um sorriso, umas gargalhadas, umas lágrimas também pois então. É mesmo assim.

Aqui deixo um cheirinho a Serpa...

Beijos lobões

OBSERVADOR disse...

Aqui estou eu a dar força.
Um óptimo dia para TODOS.
Salvador Amigo, aquele abraço.

Saio a correr. Hoje há médico!

paulac disse...

Boa tarde, Salvador
Boa tarde, Catedral,

Passo a correr só para deixar um olá.
Entre vírus (humanos e informáticos), avarias do telefone, da internet e da TV - isto tem sido uma alegria!!!!! E o trabalho a acumular-se...

Façam o favor de «carpar» o resto do dia!

Um beijinho
Paula

Bébé disse...

Salva,
Hoje apetece-me dar uma de matemática.
Então é o seguinte ( autor que desconheço):

Um Quociente apaixonou-se
Um dia
Doidamente
Por uma Incógnita.

Olhou-a com seu olhar inumerável
E viu-a, do Ápice à Base...
Uma Figura Ímpar;
Olhos rombóides, boca trapezóide,
Corpo ortogonal, seios esferóides.

Fez da sua
Uma vida
Paralela à dela.
Até que se encontraram
No Infinito.

"Quem és tu?" indagou ele
Com ânsia radical.
"Sou a soma do quadrado dos catetos.
Mas pode chamar-me Hipotenusa."

E de falarem descobriram que eram
O que, em aritmética, corresponde
A alma irmãs
Primos-entre-si.

E assim se amaram
Ao quadrado da velocidade da luz.
Numa sexta potenciação
Traçando
Ao sabor do momento
E da paixão
Rectas, curvas, círculos e linhas sinusoidais.

Escandalizaram os ortodoxos das fórmulas euclidianas
E os exegetas do Universo Finito.

Romperam convenções newtonianas e pitagóricas.
E, enfim, resolveram casar-se.
Constituir um lar.
Mais que um lar.
Uma Perpendicular.

Convidaram para padrinhos
O Poliedro e a Bissetriz.
E fizeram planos, equações e diagramas para o futuro

Sonhando com uma felicidade
Integral
E diferencial.

E casaram-se e tiveram uma secante e três cones
Muito engraçadinhos.
E foram felizes
Até àquele dia
Em que tudo, afinal, se torna monotonia.

Foi então que surgiu
O Máximo Divisor Comum...
Frequentador de Círculos Concêntricos.
Viciosos.
Ofereceu-lhe, a ela,
Uma Grandeza Absoluta,
E reduziu-a a um Denominador Comum.

Ele, Quociente, percebeu
Que com ela não formava mais
Um Todo.
Uma Unidade.

Era o Triângulo, chamado amoroso.
E desse problema ela era a fracção
Mais ordinária.

Mas foi então que
Einstein descobriu a
Relatividade.

E tudo que era expúrio passou a ser
Moralidade
Como aliás, em qualquer
Sociedade.

Abração e baralhações
Bébé

paulac disse...

Re-olá,

Millor Fernandes, Bébé....

Beijinhos
Paula

paulac disse...

E seguindo na mesma linha do meu querido amigo BB, aqui vai outra versão:

A Tragédia da Matemática


Num certo livro de matemática, um quociente apaixonou-se por uma incógnita.
Ele, o quociente, produto notável de uma família importantíssima de polinômios.
Ela, uma simples incógnita, de mesquinha equação literal.
Oh, que tremenda desigualdade.
Mas como todos sabem, o amor não tem limites e vai do mais infinito até o menos infinito.
Apaixonado, o quociente a olhou do vértice à base, sob todos os ângulos, agudos e obtusos.
Era linda, uma figura ímpar e punha-se em evidência: olhar rombóide (rombo=losango), boca trapezóide, seios esféricos num corpo cilíndrico de linhas senoidais (curvas).
– Quem és tu? – perguntou o quociente com olhar radical.
– Sou a raiz quadrada da soma dos quadrados dos catetos.
Mas pode me chamar de hipotenusa – respondeu ela com uma expressão algébrica de quem ama.
Ele fez de sua vida uma paralela à dela, até que se encontraram no infinito.
E se amaram ao quadrado da velocidade da luz, traçando ao sabor do momento e da paixão, retas e curvas no jardim da quarta dimensão.
Ele a amava e a recíproca era verdadeira.
Adoravam-se nas mesmas razões e proporções no intervalo aberto da vida.
Três quadrantes depois resolveram se casar.
Traçaram planos para o futuro e todos desejaram a felicidade integral.
Os padrinhos foram o vetor e a bissetriz.
Tudo estava nos eixos.
O amor crescia em progressão geométrica.
Quando ela estava em suas coordenadas positivas, tiveram um par: o menino, em homenagem ao padrinho, chamaram de versor; a menina, uma linda abscissa.
Ela sofreu duas operações.
Eram felizes até que, um dia, tudo se tornou uma constante.
Foi aí que surgiu um outro, sim, um outro.
O máximo divisor comum, um freqüentador de círculos viciosos.
O mínimo que o máximo ofereceu foi uma grandeza absoluta.
Ela sentiu-se imprópria, mas amava o máximo.
Sabedor desta regra de três, o quociente chamou-a de fração ordinária.
Sentindo-se um denominador comum, resolveu aplicar a solução trivial: um ponto de descontinuidade na vida deles.
Quando os dois amantes estavam em colóquio, ele em termos menores e ela de combinação linear, chegou o quociente e num giro determinante disparou o seu 45.
Ela foi para o espaço imaginário e ele foi para num intervalo fechado, onde a luz solar se via através de pequenas malhas quadráticas.

Vou retomar o «lavoro» após este interlúdio matemático....

Até logo
Paula

petit disse...

Ola salvas

Estou a escrever te com o meu novo I phone. Isto nao esta nada facil. Estou na cuf com o francisco a fazer uma ecografia ao ombro. Isto do desporto na verdade nao da saude nenhuma
obrigadao Mano vasco

beijinhos Salvador
Petit

petit disse...

Ola salvas

Estou a escrever te com o meu novo I phone. Isto nao esta nada facil. Estou na cuf com o francisco a fazer uma ecografia ao ombro. Isto do desporto na verdade nao da saude nenhuma
obrigadao Mano vasco

beijinhos Salvador
Petit

iw disse...

Boa Noite, Salvador
Boa Noite, Catedral
Durmam bem e sonhem muito!
Beijos
Isabel

mt disse...

do fundo do poço, seguem abraços e beijos e a elas, foniquese!!

Anónimo disse...

Mano Salva e Catedral,

Atrapalhado batente pois é ,mas numa boa é o que interessa.

Catedral em grande como sempre, e amanhã outro dia vem, e que sorte tenho eu em encontrar este Mar de Gente Tão Boa aqui.

Esta corrente é imparável, sinto e não me engano que o Meu Mano Salva conseguiu unir-nos com um nó muito apertado.


Adeus e até logo ou já

Pedro Ventura

Baras disse...

Grande Salvador,
Não tenho escrito neste blogue mas tenho acompanhado a tua evolução.
Continua a dar-lhes com força!
Um Abraço
Baras

mt disse...

Vou pra palha directo. Agarrem os sonhos amigos e passageiros desta camioneta do catarino!

Man! Não te apanhei hoje ao telefone. Segue um abração pela net que acaba por dar efeito também ( do que esta Catedral constitui, de resto, ampla demonstração).

Embaraços muitos e abreijos pra esquerda e prá direita!

Anónimo disse...

Meu padrinho querido, passei aqui só para desejar uma noite feliz com muito descanso.

Bons sonhos.
Muitos bjinhos Marta Afonso

Joana Freud... disse...

Beijinhos.
Joana

Brancamar disse...

Boa Noite Salvador,
Durma bem e continue bem.
E na mesma onda dos interlúdios matemáticos do bébé e da Paula, aqui deixo um interlúdio gramatical, um pouco mais ousado, mas criativo e original:

Redacção feita por uma aluna de Letras, que obteve a vitória num concurso interno promovido pelo professor da cadeira de Gramática Portuguesa.
-----------------------------------
Era a terceira vez que aquele substantivo e aquele artigo se encontravam no elevador.
Um substantivo masculino, com aspecto plural e alguns anos bem vividos pelas preposições da vida. O artigo, era bem definido, feminino, singular. Ela era ainda novinha, mas com um maravilhoso predicado nominal. Era ingénua, silábica, um pouco átona, um pouco ao contrário dele, que era um sujeito oculto, com todos os vícios de linguagem, fanático por leituras e filmes ortográficos.
O substantivo até gostou daquela situação; os dois, sozinhos, naquele lugar sem ninguém a ver nem ouvir. E sem perder a oportunidade, começou a insinuar-se, a perguntar, conversar. O artigo feminino deixou as reticências de lado e permitiu-lhe esse pequeno índice.
De repente, o elevador pára, só com os dois lá dentro.
Óptimo, pensou o substantivo; mais um bom motivo para provocar alguns sinónimos. Pouco tempo depois, já estavam bem entre parênteses, quando o elevador recomeçou a movimentar-se. Só que em vez de descer, sobe e pára exactamente no andar do substantivo.
Ele usou de toda a sua flexão verbal, e entrou com ela no seu aposento.
Ligou o fonema e ficaram alguns instantes em silêncio, ouvindo uma fonética clássica, suave e relaxante. Prepararam uma sintaxe dupla para ele e um hiato com gelo para ela.
Ficaram a conversar, sentados num vocativo, quando ele recomeçou a insinuar-se. Ela foi deixando, ele foi usando o seu forte adjunto adverbial, e rapidamente chegaram a um imperativo.
Todos os vocábulos diziam que iriam terminar num transitivo directo.
Começaram a aproximar-se, ela tremendo de vocabulário e ele sentindo o seu ditongo crescente. Abraçaram-se, numa pontuação tão minúscula, que nem um período simples, passaria entre os dois.
Estavam nessa ênclise quando ela confessou que ainda era vírgula.
Ele não perdeu o ritmo e sugeriu-lhe que ela lhe soletrasse no seu apóstrofo. É claro que ela se deixou levar por essas palavras, pois estava totalmente oxítona às vontades dele e foram para o comum de dois géneros.
Ela, totalmente voz passiva. Ele, completamente voz activa. Entre beijos, carícias, parónimos e substantivos, ele foi avançando cada vez mais.
Ficaram uns minutos nessa próclise e ele, com todo o seu predicativo do objecto, tomava a iniciativa. Estavam assim, na posição de primeira e segunda pessoas do singular.
Ela era um perfeito agente da passiva; ele todo paroxítono, sentindo o pronome do seu grande travessão forçando aquele hífen ainda singular.
Nisto a porta abriu-se repentinamente.
Era o verbo auxiliar do edifício. Ele tinha percebido tudo e entrou logo a dar conjunções e adjectivos aos dois, os quais se encolheram gramaticalmente, cheios de preposições, locuções e exclamativas.
Mas, ao ver aquele corpo jovem, numa acentuação tónica, ou melhor, subtónica, o verbo auxiliar logo diminuiu os seus advérbios e declarou a sua vontade de se tornar particípio na história. Os dois olharam-se; e viram que isso era preferível, a uma metáfora por todo o edifício.
Que loucura, meu Deus!
Aquilo não era nem comparativo. Era um superlativo absoluto. Foi-se aproximando dos dois, com aquela coisa maiúscula, com aquele predicativo do sujeito apontado aos seus objectos. Foi-se chegando cada vez mais perto, comparando o ditongo do substantivo ao seu tritongo e propondo claramente uma mesóclise-a-trois.
Só que, as condições eram estas:
Enquanto abusava de um ditongo nasal, penetraria no gerúndio do substantivo e culminaria com um complemento verbal no artigo feminino.
O substantivo, vendo que poderia transformar-se num artigo indefinido depois dessa situação e pensando no seu infinitivo, resolveu colocar um ponto final na história. Agarrou o verbo auxiliar pelo seu conectivo, atirou-o pela janela e voltou ao seu trema, cada vez mais fiel à língua portuguesa, com o artigo feminino colocado em conjunção coordenativa conclusiva.

Durmam bem.
Divirtam-se.
Beijinhos.

Anónimo disse...

Um BOM DIA a todos

Tomazini

mt disse...

outro...

e abraços. e beijos.

e a elas..

e foniquese!

Anónimo disse...

Vamos então ao dia e que ele seja do melhor para todos.

No que me toca batente, já escuro umas jolas, e para acabar em beleza o meu Sporting.

Mano Salva grande abraço e para vocês todos também

Adeus letras encarnadas..... bzcv.. bem bem

Pedro Ventura

VascoG disse...

Bom dia Mano Velho
Bom dia Rapaziada
Bom dia Manada
Bom dia seus penduras
Já acordei e hoje à noite ia mesmo mesmo sendo... só mais um bocadinho de nada e.... tinha mesmo agarrado o sonho... amanhã vou tentar fazer melhor... Goza bem o dia que Sol não vai faltar, pelo menos até sábado... Abraço grande e até Jazz
Vasco

iw disse...

Bom Novo Dia, Salvador e Catedral
Beijos
Isabel

Bébé disse...

Salva,
Um bom dia para ti!
abraçãp
Bébé

paulac disse...

Bom dia Salvador,
Bom dia Catedral,

Continuando na senda do sonho, segue um dos poemas mais bonitos da língua portuguesa.
Na altura (início da década de 70), foi um grande choque para mim descobrir que o autor do dito era o pseudónimo de Rómulo de Carvalho, vil criatura que atormentava os meus dias com os seus Compêndios de Ciências da Natureza, Física e Química...

Pedra Filosofal

Eles não sabem que o sonho
é uma constante da vida
tão concreta e definida
como outra coisa qualquer,
como esta pedra cinzenta
em que me sento e descanso,
como este ribeiro manso
em serenos sobressaltos,
como estes pinheiros altos
que em verde e oiro se agitam,
como estas aves que gritam
em bebedeiras de azul.

eles não sabem que o sonho
é vinho, é espuma, é fermento,
bichinho álacre e sedento,
de focinho pontiagudo,
que fossa através de tudo
num perpétuo movimento.

Eles não sabem que o sonho
é tela, é cor, é pincel,
base, fuste, capitel,
arco em ogiva, vitral,
pináculo de catedral,
contraponto, sinfonia,
máscara grega, magia,
que é retorta de alquimista,
mapa do mundo distante,
rosa-dos-ventos, Infante,
caravela quinhentista,
que é cabo da Boa Esperança,
ouro, canela, marfim,
florete de espadachim,
bastidor, passo de dança,
Colombina e Arlequim,
passarola voadora,
pára-raios, locomotiva,
barco de proa festiva,
alto-forno, geradora,
cisão do átomo, radar,
ultra-som, televisão,
desembarque em foguetão
na superfície lunar.

Eles não sabem, nem sonham,
que o sonho comanda a vida,
que sempre que um homem sonha
o mundo pula e avança
como bola colorida
entre as mãos de uma criança.

António Gedeão

Um excelente dia para todos!

Paula

paulac disse...

Re-olá Salvador,

Não resisto a publicar aqui este texto para o animar a si e às fiéis hostes...

PROBLEMAS DE COMUNICAÇÃO/
/TRANSMISSÃO EM CADEIA


Coronel para o Capitão:
«Vai haver amanhã um eclipse do sol. Mande formar a companhia em farda de trabalho na parada onde explicarei o fenómeno que não acontece todos os dias. Se chover não se verá e deixe a companhia na Caserna...»

Capitão para o Sargento:
«Por ordem do nosso Coronel, amanhã vai haver eclipse do sol em farda de trabalho toda a companhia forma na parada, onde o nosso Coronel dará as explicações o que não acontece todos os dias. Se chover o eclipse é na caserna...»

Sargento para o Cabo:
«O nosso Coronel vai fazer um eclipse do sol na parada se chover, o que não sucede todos os dias, não se vê nada. Então o capitão dará a explicação em farda de trabalho na caserna...»

Cabo para os Soldados:
«Soldados! Amanhã para receber o eclipse que dará a explicação sobre o nosso Coronel em farda de trabalho, devemos estar na caserna onde não chove todos os dias...»

Comentário entre soldados:
«Amanhã, se chover, parece que o Coronel vai ser eclipsado na parada. É pena que isso não aconteça todos os dias...»

Paula

Anónimo disse...

BOA TARDE CATEDRAL
BOA TARDE QUERIDO MANO!!!

SAUDADES QUE TINHA DISTO!!!

venha o livro pois!!

Estive esta semana toda sem computador mas nem por isso longe da carripana!!
anda sempre comigo como é obvio na ALMA...foleirada né??
mas é o que sinto!!
Vamos a elas Mano!!
O KO Final está com certeza muito proximo e a malta cá continua a empurrar esta bela Carripana carregadinha de FORÇA na ALMA!!

Forte abraço Manos
Beijo na testa Mano Salvador

Rui

iw disse...

Boa Noite, Salvador
Boa Noite, Catedral
Durmam bem!
"Eclipso-me..."
Beijos
Isabel

Anónimo disse...

Mano Salva e Catedral

Sinto tudo muito calmo é normal.

Mano Salva amanhã andarei por aí após o batente.

Amanhã não lhe vou dar muita folga.

Acabou bem o dia dois golos do Grande Simon foi pena a lesão mas nada de grave.

Durmam Bem Gente Boa, eu já vou


Pedro Ventura

São disse...

Só para lhe desejar que esteja o melhor possível, Salvador!

Joana Freud... disse...

Sempre nas minhas orações, Salvador!

A elas!!!...Foniquese!!!...

Beijinhos para todos.
Joana
P.S. Obrigada pelos cuidados. Já estou boa.

Brancamar disse...

Boa noite Salvador,
Tudo de bom. Fique bem.
Continue a fazer os dias bonitos.
Um abraço para todos e beijinhos.
Um especial para o Salvador.
Branca

Anónimo disse...

VascoG disse

Dorme bem ~Mano Velho~,
Até já a todos e namorem comó caneco que hoje o dia é para isso mesmo...
A ver se é hoje que consigo agarrar os sonhos... já não tenho muito tempo... até às 7h30.
Beijos e Abraços
VG/GN

Anónimo disse...

Salva

BOM DIA animado com a vitória esclarecedora do Sporting, que não vai ser nada comparada com a da proxima semana.
Continuamos serenos e com fé a aguardar o grande dia.

Abraços

Tomazini

OBSERVADOR disse...

Bom dia.
E não se esqueçam de namorar.
Muito, mesmo muito.

Abraço-vos

iw disse...

Bom Novo Dia!
Cheio de Amor e Alegria!
Beijos
Isabel

Bébé disse...

Salva,
Bom dia para ti.
abração
Bébé

Anónimo disse...

Mano Salva e Catedral

Bom Dia para todos e Muito mas Muito namoro então como é.

Tomás agora uma provocaçãozita nossa , no dia 2 de Março lá os recebemos no nosso estádio só espero que o Simon jogue.O home recupera em 2 semanas

Abraços e até logo

Pedro Ventura

João Miguel disse...

Meu Querido Salvador
Meus Queridos Amigos...
Senhoras e Senhores Deputados.
Se bem que ausente nos últimos dias, omissão de que me penitencio, e ainda sem ter lido as Vossas últimas intervenções (excepto aquelas que aparecem com cor do "lagarto")-- antes de voltar mais tarde -- quero desde já expressar, com toda a transparencia e objctividade, que não me oponho a que utilizem quaisquer excertos de minha autoria.
E faço-o antes que o autor o venha a fazer!
Chama-se ai a isto uma verdadeira "jogada de antecipação"!

Vai Sal, Força Sal, veste a camisola Sal, come a relva Sal! Vamos a eles Fomiquese!

Bom dia!!!

Um abraço

"Mister" John Elvas

Anónimo disse...

BOM DIA CATEDRAL!!!
BOM DIA MANO !!!

Lindo dia eetá hoje!!!
Vai de namorar com fartura hoje tambem!!
que este NOSSO "namoro" dure por muitos e bons anos!!!!

Penso em ti Mano!!

Abreijos
Rui

mt disse...

Não é fomiquese, Elvas, é foniquese..

Abraços

e beijos

ana cortez de lobão disse...

Querido primão!

Não é só o mt que tá no fundo do poço; não estou no mesmo poço que ele mas num parecido. Claro que nada disto é grave e aqui continuamos a vir deixar o nosso amor e carinho sempre que podemos...
Um grande beijo para ti e para toda esta camionatedral fantástica!

prima lobona

Joana Freud... disse...

Como é que um simples «Não é fomiquese, Elvas, é foniquese..» me pode deixar a rir tanto???
Obrigada, MTonnies!

Anita e MTonnies,
Mas o que vem a ser isto??? Que tal juntarmo-nos todos no mesmo poço? Sempre trocavamos impressões e nos rimos um bocado.

Esta noite, vamos rezar o Treço pelos doentes em Schönstadt, às 9h. Adivinhem quem é que vai no meu coração? Juntem-se a nós, nem que seja por um momento. Lembrem-se de que NO PRAYER IS TOO SMALL. E, como diz o meu querido Sting: WHENEVER I SAY YOUR NAME I'M ALREADY PRAYING.
Assim ninguém pode dizer que não tem tempo para rezar ou que não sabe.

Beijinhos quentinhos, Salvador!
E para toda a Catedral.

Anónimo disse...

Mano Salva e Catedral,

Vejo o que é natural estamos todos aqui já faz 5 meses ,e todos nós passamos por momentos melhores e outros menos bons.

Atenção somos uma corrente de amizade que não vejo onde acaba , porque vai crescendo dia a dia.

Essa corrente começou no Mano Salva.

Ontem, e hoje falei c/ ele estava igual e ele próprio ou seja muito bem disposto.No entanto só com a força dele aguarda pelos resultados de 2ª com aquele positivismo que ele encara a vida.

Pois aí também quero dizer que Minha Querida Gente Boa aprendo todos os dias com ele a encarar esta nossa passagem duma forma tão positiva.

Não tenho vergonha nenhuma em dizer que me sinto mais maduro, e com com este meu positivismo actual foge-me para o futebol acho que tenho margem de progressão.

Acho que vocês são todos fantásticos não quero pés a levantar do vosso acelador, e olhem sabem e podem ter a certeza sou muito vosso amigo e Mano VG conduzirei o autocarro sem dormir se for caso disso até essa vitória final.

Abraços e Bja hoje da vossa Locomotiva

Pedro Ventura

Anónimo disse...

Acelerador queria dizer é o que dá não corrigir

mt disse...

Venturini sempre em grundig! Acelera como escreve e escreve como acelera- já sei, Joana, que não é passível de crítica ou comentário, nem essa era a minha intenção - pois constitui uma das formas escritas mais vivas que conheço esta do nosso Pedro Ventura e mais o seu Sporting que vai mais a gente boa da Catedral na camioneta puxada pela locomotiva e vai tudo a advertir que prá frente é que é o caminho deste mar de gente boa!!

Agarrem os sonhos ( desculpem-me a falta de originalidade ) que vem do grande Hughes Hold fast to dreams, for it dreams die, life is a broken winged bird that cannot fly...

O nosso GN/VG abriu hoje a barragem ao público..mal se conseguia falar com ele tal era o alentejano stress que pululava prós lados do Torrão.

O Pôr do Sol estava lindo hoje.

Viram?

Alguém viu?

Abraços e beijos onde hajam de calhar..

Joana Freud... disse...

MTonnies, daquilo que te conheço, aposto que aprecias, tanto como eu, a espontaneidade da escrita do nosso Pedro e do próprio.
Pedro, és único. Acho mesmo que nunca deves corrigir aquilo que escreves, não vás tu «estragar» a tua trapalhice deliciosa.
Mano Vasco, muitos parabéns pela barragem! Desejo-te um grande sucesso.

SALVADOR,
MUITO OBRIGADA POR NOS TERES REUNIDO TODOS AQUI! DEUS TE ENCHA DE BENÇÃOS DO CÉU!
E O MAIOR DOS SUCESSOS SERÁ PARA TI!

A elas!!!!....Foniquese!!!!....
Muitos beijinhos.
Joana

iw disse...

Boa Noite, Salvador
Boa Noite, Catedral
Beijos
Isabel

Anónimo disse...

Bom dia Salvador,

O dia de sexta feira, dia 22, acabou com uma noite especial. Quem lá esteve sabe o que digo. Ontem, enviei-lhe um e-mail.
Eu e o Duarte sentimos no XL uma onda muito especial. A todos que lá estiveram obrigada pela companhia. E a si Salvador, o maior dos abraços por saber gerir com tanta dignidade este momento dificil que Deus achou que estava a precisar...! As oportunidades de uma vida aparecem assim: no limite. E quem vive o limite não pode ficar igual, não pode ficar indiferente a uma vida tão cheia de sentido e que todos os dias passa por nós. Um abraço
Isabel

Raquel disse...

Salvador, tive a sorte de ouvir o seu testemunho hoje no programa da Júlia Pinheiro. Devo dizer-lhe que o admiro muito! A sua coragem, a sua vontade de viver, a sua lucidez, a sua perseverança comoveram-me muito. Nesta fase da minha vida em que tudo parece não ter solução,(não por questões de saúde, felizmente) depois de o ouvir atentamente,começo a vislumbrar uma luz ao fundo do túnel.A si, do fundo do coração, o meu muito obrigada!Vinicius de Morais disse um dia: "Eu poderia suportar,embora não sem dor,que tivessem morrido todos os meius amores,mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos! A alguns deles não procuro,basta-me saber que eles existem. Esta mera condiçãome encoraja a seguir em frente pela vida!Mas é delicioso que saibamque os adoro,embora não declare e nao os procure sempre..."
Aceite esta humilde nova amiga...um beijinho grande Raquel

Anónimo disse...

vi-o hoje
estava deitada, a ver uns papeis,e com companhia de fundo a televisao, esta sem som, mas volta e meia olhava para ela, e via-o sempre a falar, resolvi colocar som,e ouvi-lo, inicialmente e sempre com os olhos nos papeis, mas lentamente fui os deixando de parte, colei os olhos ao ecran e ouvi cada palavra que disse, incrivel, mesmo incrivel. os meus...
bem sou açoreana, e na minha terra diz-se, beijinho do tamanho do oceano atlantico. catarina

Carolina disse...

Acabei de o ver e ouvir na televisão!
Gostei!
;))))